Conheça os 10 exames de rotina para o seu check-up anual

29 mar 22Saúde

Prevenir é melhor que remediar. Quando nos referimos a saúde este ditado tem ainda mais valor e verdade. 

Nosso corpo é uma máquina orgânica com necessidade constante de manutenção. Ainda que não se manifeste nenhum sinal sobre algo ir mal, é preciso realizar um check-up anual. Afinal, algumas doenças são silenciosas.

Ao tempo que um grande número de pessoas incluiu nas metas anuais visita a laboratórios e clínicas, ainda assusta a quantidade de homens e mulheres sem qualquer tipo de cuidado. Gente que por medo de resultados e diagnósticos prefere “esperar” que algo aconteça. Não seja essa pessoa. Prevenção médica ainda é o melhor investimento possível.

Uma vez que você decidiu se cuidar e tem dúvidas sobre quais exames realizar para se precaver e manter a saúde em dia, preparamos uma lista com 10 exames de rotina para você ir direto ao ponto no cuidado de si.

Check-up, o que significa

Check-up é uma palavra de origem inglesa cujo significado é fazer uma verificação. Apesar do uso ser bastante vasto, ganhou força na medicina pela importância da análise periódica para prevenção e trato de possíveis doenças.

É verdade que algumas pessoas, seja por histórico familiar, idade, ou pela própria condição de saúde, precisam realizar exames com uma frequência diferenciada, como a cada seis meses ou até menos. Mas não é este o nosso caso neste artigo.

A lista apresentada abaixo é composta de exames de rotina para check-up anual de quem não apresenta nenhum quadro de ausência de saúde, mas sabe o quanto é essencial se antecipar a qualquer problema.

Benefícios a Longo Prazo da Prevenção

Mas antes da lista, devemos saber que a compreensão dos benefícios a longo prazo dos exames de rotina é fundamental para a promoção da saúde preventiva. Realizar check-ups anuais não é apenas uma medida proativa para identificar potenciais problemas de saúde antes que eles se tornem graves, mas também uma prática que pode levar a economias significativas de tempo e recursos financeiros no futuro.

Ao detectar doenças em estágios iniciais, as chances de tratamentos menos invasivos e mais eficazes aumentam consideravelmente, reduzindo a necessidade de procedimentos médicos complexos e caros.

Além disso, a prática regular de exames de rotina contribui para a criação de um histórico de saúde detalhado, permitindo que médicos e pacientes acompanhem as mudanças na saúde ao longo do tempo. Este registro pode ser crucial na identificação de padrões ou condições que podem não ser evidentes sem uma comparação ao longo dos anos.

Tal acompanhamento pode levar à personalização dos planos de saúde, com recomendações específicas para cada indivíduo baseadas em seu histórico médico, estilo de vida e riscos de saúde identificados durante os check-ups.

Por fim, a aderência a um regime de check-up anual fortalece a relação médico-paciente, incentivando uma comunicação aberta e contínua. Isso não apenas facilita uma melhor compreensão e gestão das preocupações de saúde individuais, mas também promove um senso de responsabilidade pessoal pela própria saúde.

Os pacientes tornam-se mais informados sobre suas condições de saúde e mais engajados em manter ou melhorar seu bem-estar, contribuindo para uma sociedade mais saudável no geral.

Agora, vamos à lista dos exames mais comumente feitos em check-ups:

Exames de rotina laboratoriais

  • Hemograma completo: nada de medo de agulha. Praticamente indolor, o hemograma coleta sangue para averiguar como andam os glóbulos vermelhos (hemácias), os glóbulos brancos (leucócitos)e as plaquetas (coagulação sanguínea). Muito usado na prevenção da anemia.
  • Glicemia em jejum: Ainda que não haja histórico de diabetes na família, este exame é de extrema importância. Através do sangue, ele mede o nível da glicose na circulação sanguínea do paciente, podendo identificar casos de diabetes e pré-diabetes. Se descoberta com antecedência, a diabetes pode ser controlada e oferecer ao paciente uma vida com pouquíssimas restrições.
  • Colesterol e triglicerídeos: Para quem anda com alimentação desregulada ou é do tipo sedentário, esse exame precisa entrar na lista todo ano. Também pelo sangue ele mede os níveis de gorduras que podem ocasionar entupimento dos vasos sanguíneos, causando infarto e AVC. Qualquer alteração tem tratamento, por isso é importante estar atento.
  • Ácido úrico: Cálculo renal, gota e insuficiência renal podem ser detectados e prevenidos pelo exame de ácido úrico.  A elevação das dosagens de ácido úrico são também frequentemente associadas a hipertensão arterial e problemas cardiovasculares.
  • Ureia e creatina: Em uma agulhada só, pode-se fazer vários exames, incluindo este que verifica o funcionamento dos rins e identifica alterações de forma precoce, mesmo sem o paciente apresentar qualquer sintoma.
  • TSH e T4 livre: Você já ouviu falar do quanto os hormônios são atuantes em nossa vida e do mal que o desequilíbrio deles pode nos fazer? Este exame checa o funcionamento da glândula tireoide, podendo identificar alterações como hipotireoidismo e hipertireoidismo.
  • Urina: O exame de urina é um dos mais básicos e talvez antigos de um check-up anual, porém extremamente eficaz, já que analise microscopicamente as células, bactérias e cristais que possam estar presentes na urina e causar doenças, infecções e inflamações.

Exames de Rotina Clínicos

Sabemos da importância do coração para nossa vida seguir fluindo, alguns exames são imprescindíveis para manter nosso músculo mais importante funcionando.

  • Eletrocardiograma – Este exame mede a atividade elétrica do coração e serve para diagnosticar a existência de problemas cardíacos. Este exame pode ser realizado por profissionais da enfermagem, mas o laudo só é dado por um cardiologista.
  • Ecocardiograma – O Eco, como é popularmente chamado, analisa se o coração está batendo normalmente e se o fluxo sanguíneo está adequado através de uma ultrassonografia do órgão. Neste exame, também é possível averiguar doenças que afetam a anatomia e a fisiologia do coração, como insuficiências e malformações cardíacas.
  • Teste ergométrico – Pratica ou quer começar a praticar exercício? Então esse exame é mais que essencial na sua lista de check-up anual. O teste ergométrico analisa o funcionamento do sistema cardiovascular sob estímulo. É realizado com o paciente em uma esteira ou bicicleta realizando um esforço físico gradual. 

Para além dos exames de rotina gerais, há ainda os específicos para homens e mulheres, como exame de próstata e mamografia a partir dos 40 anos em média. Conhecer o nosso próprio corpo e o que lhe cai bem ou mal é o primeiro passo para uma vida de fato saudável. Por isso, estar com o check-up em dia é essencial. Lembre-se, manter-se saudável não custa caro.

Para mais informações sobre saúde e cuidados, siga-nos em nossas redes sociais.

Fique por dentro das novidades para uma vida saudável: assine nossa newsletter.

Ao assinar a newsletter, declaro que conheço a Política de Privacidade e autorizo a utilização das minhas informações pela Exmed.